Para registrarse, haga clic aquí


Ya tengo una cuenta, Iniciar sesión

Olvidó su contraseña

 



Jan 2017

December 2016

November 2016

October 2016

September 2016

August 2016

»

Telefônica Vivo (Brasil)

http://www.telefonica.com.br
Telefônica Vivo: Transformando o mercado de comunicação e entretenimento no Brasil

Telefônica Vivo: Transformando o mercado de comunicação e entretenimento no Brasil

author

Atualmente a empresa conta com mais de 34 mil colaboradores no país e está presente em mais de 3.900 cidades, distribuídas em 20 estados e no Distrito Federal. São 97 milhões de acessos, sendo 73,3 milhões no negócio móvel. Na operação fixa, que compreende voz, banda larga e TV por assinatura o número de acessos chegou a 23 milhões, de acordo com dados do balanço financeiro do segundo trimestre de 2016.

A Telefônica Vivo é líder na prestação de serviços de telecomunicação fixa e móvel em todo o território nacional e conta com um portfólio de produtos completo e convergente – banda larga fixa e móvel, ultrabanda larga (over fiber), voz fixa e móvel, TV por assinatura, dados e TI. Alessandra Bomura, CIO da Telefônica Vivo, diz que atualmente a operadora conta com um amplo portfólio de produtos digitais como diversos apps de serviços e produtos inovadores.

Projeto Genesis: a maior conquista da empresa

O Projeto Genesis teve como objetivo criar uma empresa única, passando pela integração da sua estrutura societária, da marca, de processos comerciais, de redes de sistema, e principalmente, de pessoas. Seu desenvolvimento foi complexo e ousado, especialmente por promover a transformação em tantas dimensões em paralelo, e com prazos de implantação desafiadores. Com a integração, a Vivo já identificou sinergias de R$25 bilhões, valor maior do que os R$ 22 bilhões pagos na compra da GVT.

A empresa passou por muitas mudanças ao longo do desenvolvimento do projeto e e está preparada para a transformação digital em larga escala, o que representa tornar-se mais convergente, com visão única de cliente e arquitetura simplificada. A implantação do Genesis possibilitou a criação de uma nova experiência para o cliente em todo o ciclo de atendimento, desde a venda até o pós venda. E o cliente passou a ter uma marca única, experiência de atendimento e portfólio de produtos integrados, instalação de serviços em uma única visita, fatura única no triple play (banda larga, telefonia fixa e TV por assinatura) e programa de relacionamento único.

Um dos principais objetivos do projeto era utilizar o que as duas companhias tinham de melhor para viabilizar uma nova experiência para o cliente. Neste eixo da integração, um importante passo foi o início do projeto para viabilizar a oferta de pacotes triple play de produtos fixos para a operação consolidada, com TV, banda larga e telefone.

Além dos benefícios para o cliente, o programa Genesis visou gerar mais eficiência operacional e financeira para a companhia, por meio da simplificação, unificação e automatização de processos comerciais, operacionais e financeiros, resultando na redução do tempo médio de atendimento, maior controle logístico e de rastreabilidade, maior produtividade nos serviços de campo, entre outros. A primeira entrega do Projeto Genesis, em abril deste ano, englobou a integração de mais de 150 sistemas em 11 meses e contou com a participação de mais de 400 pessoas. Para que todas as entregas fossem possíveis, o Genesis foi composto por nove projetos com focos específicos.

Projeto Sophia:  por meio de uma solução inovadora do ponto de vista tecnológico, TI possibilitou melhorar a experiência do cliente utilizando os processos e sistemas simplificados da GVT integrados à infraestrutura da Telefônica Vivo, alavancando a capilaridade de rede e melhorando sua ocupação.  A nova solução promoveu a unificação dos processos comerciais e sistemas, viabilizando a oferta integrada para clientes do serviço fixo: voz e banda larga (cobre e fibra) e TV (DTH e IPTV) e gerou eficiências operacionais relevantes para toda operação.

Projeto Loren: complementou o Sophia e criou um portfólio único de serviços triple play compatíveis com todas as tecnologias de voz, banda larga e TV existentes. A liderança em banda larga de ultravelocidade, voz ilimitada e TV 100% HD foram alguns dos resultados conquistados pelo projeto, além da oferta flexível compatível com o mercado e a concorrência.

Projeto Orion:  promoveu o quadriplay, composta pelo pacote  triple play do portfólio Loren e o portfólio móvel para clientes novos e da base. O incentivo de contratação de planos de alto valor, o aumento do ARPU de entrada e a oportunidade dos clientes em fazer upgrade de planos foram as principais conquistas do Órion.

Projeto Catarina: viabilizou a criação da oferta 3P para clientes B2B, instalação em visita única e fatura única para 3P. Foram envolvidas 163 pessoas, de 33 áreas e mais de 500 pessoas foram capacitadas no novo modelo.

Projeto Rebranding: visou a unificação de duas marcas de alto reputação no mercado – Vivo e GVT – sob a marca Vivo em todos os pontos de contato com o cliente, garantindo que a qualidade e o valor continuassem sendo reconhecidos. O posicionamento de marca mudou de “Conectados Vivemos Melhor” para “Viva Tudo”, apresentando a empresa como parceira digital das pessoas, oferecendo todas as conexões para que elas possam viver o que realmente importa em um mundo de infinitas possibilidades.

Projeto Rebeca: o alvo foi realizar a incorporação societária das razões sociais Global Village Telecom e da Telefônica Brasil, por meio da consolidação de seu sistema de gestão empresarial SAP. O projeto também promoveu a transformação em três dimensões: atualização tecnológica da plataforma SAP da versão 6.5 para a versão 6.7, unificação dos processos financeiros, logísticos, de vendas, de gestão de materiais e jurídicos e, por fim, melhoria de processos já existentes, fortalecendo os controles, a rastreabilidade e a automação dos mesmos. Entre os principais benefícios alcançados com o Rebeca, estão a implantação do processo de Gestão de Consumo, por meio de um processo sistematizado de rastreio dos CPEs (equipamentos que ficam na casa do cliente), que permite rastrear os equipamentos e reaproveitá-los; inventário de prédios corporativos, que deu visibilidade aos estoques e melhorou a disponibilidade de suprimentos; gestão imobiliária, com implementação de um módulo específico, que permite melhor rastreabilidade e controle de custos (aluguel por prédio, impostos e taxas); gestão de projetos de rede interna, que gerou simplificação e redução de tempo e de custos (melhor controle da construção, armazenamento de materiais e custos com segurança); unificação dos sistemas de interconexão das duas empresas; e automatização fiscal das atividades manuais para apropriação de crédito de ICMS (CIAP).

Projeto Laura: criado para unificar os sistemas de Recursos Humanos. O objetivo era centralizar informações dos 35 mil funcionários como folha de pagamento, controle de ponto e gestão de saúde, entre outros, em uma plataforma única. O desenvolvimento do Portal Be Flex, que possibilita aos colaboradores escolherem seus benefícios, também foi um desafio. Além disso, foi preciso realizar o alinhamento de suporte de atendimento dos fornecedores.

Projeto IT Service Integration: teve como principal objetivo garantir a integração das redes corporativas e serviços de Workplace, gestão de acessos a sistemas de ferramentas corporativas.

Tecnologia aqui e agora

A Telefônica Vivo trabalha para evoluir muito em serviços além de infraestrutura utilizando mais ferramentas de data analitycs e big data (microsegmentação). Para isso, a companhia possui um trabalho forte de cultura que busca desenvolver em todo o time um ‘mindset’ em que todos pensem primeiro na solução ou serviço digital e móvel. A empresa conduz com bastante cuidado o processo de criação de valor no serviço de dados, que vem sendo cada vez mais demandado pelo cliente. A meta é ser mais digital em serviços e mais relevante para o cliente.  A meta é posicionar a  Telefônica Vivo como um marketplace de serviços digitais, reforçando as ofertas nos setores de segurança, entretenimento, educação, e-health, etc, capturando novos usuários e incluindo novas opções para pagamento, como cartões de crédito. “A Telefônica Vivo é parte de uma indústria que está presente no mercado há muitos anos e os esforços da empresa são para fazer parte dos novos modelos de negócio, com propostas disruptivas”, ressalta Bomura.

A executiva também destaca a mudança na organização e na forma de trabalhar de TI. Essa mudança será chave para que TI tenha um protagonismo na estratégia de transformação da Vivo e responda as necessidades do negócio de forma flexível e ágil. Essa nova organização teve como fundamento principal a criação de uma estrutura projetizada, com o conceito da alocação matricial dos recursos de acordo com o perfil exigido por cada projeto. A primeira mudança foi a criação de diretorias com foco na execução de projetos e com responsabilidade fim-a-fim sobre os mesmos, desde a sua concepção, passando pela definição da solução técnica, até a entrega final. As duas diretorias de projetos - uma com foco em projetos de RECEITA, visando alavancar o resultado comercial e outra com foco projetos de RECURSOS, visando aumentar eficiência e melhorar experiência do cliente - espelham a estrutura das áreas clientes com objetivo principal de serem grandes parceiros tecnológicos destas áreas, aprofundarem o conhecimento do negócio por TI e entenderem com profundidade o contexto e prioridade destas áreas. Como resultado desta nova organização, esperamos que TI atue como um grande parceiro tecnológico destas áreas e atenda às necessidades do negócio com soluções inteligentes e simples, e tenham foco em projetos que maximizem o valor gerado para companhia.

Para viabilizar a estratégia da Telefônica Vivo em tornar-se uma Telco Digital, a empresa estruturou em conjunto com a área de Negócios, um grande programa de Transformação Digital. Este programa foi estruturado com o objetivo de transformar a experiência do cliente nos canais digitais atuando em quatro grandes frentes: e-commerce, faturamento, gestão de contas e atendimento. A ambição do programa é implantar 160 iniciativas e atingir um novo patamar de serviços digitais. Para condução dessa iniciativa, a empresa propõe uma nova abordagem que Bomura acredita que será um fator crítico de sucesso. Segundo ela, “a primeira mudança está na forma de mensurar a captura de valor com indicadores embarcados nos projetos, permitindo medir a eficiência e eficácia ao longo do ciclo de vida do projeto e não somente post-mortem, estimulando a melhoria contínua. A segunda mudança está no novo modelo de entrega baseado na metodologia ágil, com os times de tecnologia e negócio trabalhando de forma integrada em Squads.

Sustentabilidade e redução da pegada de carbono

Referência na busca pela eficiência energética em toda a sua cadeia de valor, a Telefônica tem compromisso mundial de reduzir suas emissões de CO2 e aumentar a parcela de energia consumida por fontes renováveis. No Brasil, a Telefônica Vivo investe em diversos projetos focados principalmente em eficiência energética e no uso de energia proveniente de fontes renováveis. Atualmente, cerca de 22% do consumo total de energia é proveniente da chamada energia limpa. Para 2016, o plano é aumentar este percentual para 29%.

Para continuar avançando nestas e outras iniciativas, a empresa recebeu, em 2016, a certificação ISO 14.001 por seu Sistema de Gestão Ambiental, que permite uma melhor gestão das operações, como o controle de seus impactos ambientais. A Vivo figura ainda, pelo quarto ano consecutivo, no ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial) da BM&FBOVESPA.

Responsabilidade Social

A Telefônica Vivo investe em projetos que promovem a transformação social por meio da democratização do acesso à cultura e do envolvimento das comunidades onde atua. Em 2015, investiu mais de 41 milhões de reais em projetos sociais que beneficiaram mais de 3 milhões de pessoas.

Em 2016, foi criado o Prêmio Vivo Música que Transforma, idealizado para reconhecer projetos de destaque na utilização da música como meio de transformação social. O prêmio possui três categorias: Música que Ensina, destinada a projetos educativos que utilizam a música como meio de transformação social; Música para Todos, voltada às iniciativas que dão palco às manifestações musicais e oferecem democratização do acesso à música com entrada gratuita ou a preços populares; e Música que Conecta, para projetos que utilizam o meio digital como ferramenta para o desenvolvimento cultural e social.

Statistics

  • Datos estadísticos

    Technology

  • Fundación

    Unknown

  • Empleados

  • Ingresos

Líderes

  • No employees have been added at this time.

Email Company Info!

Let friends in you network know what you are reading about

Telefônica Vivo (Brasil)

Com projetos inovadores como o Genesis, a empresa se consolida na liderança do setor apostando na convergência e na oferta de serviços digitais, trazendo...

http://www.businessreviewamericalatina.com/company/414/Telefnica-Vivo-Brasil